Por: Vinicius Tarouco Data: 05 fevereiro, 2016 Em: Loja Virtual Comentários: 0

e-commerce-venderHouve uma época em que falávamos sobre a importância de ter um site na internet. Qualquer um, até um parente, poderia fazer algo simples e tentar alavancar a empresa. Após isso fomos para as lojas virtuais, depois a sites responsivos e hoje se fala em Omni-Channel – ter diversos canais que cheguem até o seu cliente.

Porém, a visão que muitos varejistas que abrem sua loja pela primeira vez, ou antigos comerciantes que estão entrando no mundo virtual só agora ainda possuem conceitos fechados do que faz uma loja virtual vender bem. Se você acha que só por que você vai por sua loja na internet vai vender mais, então acho melhor começar acreditar em Papai Noel também!

O primeiro pensamento que muitos comerciantes tem quando abrem suas lojas na internet é alcance. Muitos acham que é mais assertivo do que Outdoor e panfletagem. Eles estão corretos! Mas isso não acontece da noite pro dia. Para começar, ninguém vai buscar algo no Google que não conhece. A não ser que o cliente já conheça sua loja, não fará a mínima diferença ter ela na internet se não for trabalhar com o Branding da empresa. Para isso entram gastos menores como Marketing Digital e Conteúdo de Qualidade por exemplo, para alavancar o site nas buscas online quando alguém procurar determinado produto e encontrar a sua loja.

No entanto, este primeiro momento é algo que os comerciantes ainda estão suscetíveis a negociação, já que Marketing Digital é muito mais assertivo do que os tradicionais como panfletos, outdoors ou até mesmo radio e televisão, por que no digital existe mensuração para entregar resultados palpáveis. O problema vem depois, quando se trata de clientes fecharem o carrinho da loja.

Ter seu produto em sua loja virtual não é garantia de nada. Colocar um produto com preço mais alto, com poucas formas de pagamento ou com frete abusivo só afasta ainda mais a clientela. Seu site se torna inútil. Se no segundo link da busca no Google aparecer outra loja e o consumidor poder comprar um mesmo produto por mais barato, ou com melhor qualidade ou até mesmo com frete grátis, por que ela vai querer comprar na sua?

Um último fato mas não menos importante são as redes sociais. Apesar de muitos já estarem se adequando as novas experiências de usuários, muitos comerciantes ainda concordam complacente, sem dar importância no conteúdo real que colocam em suas redes sociais. A internet e a loja virtual evoluíram. Ninguém quer perder tempo lendo besteira ou vendo produtos caros. Por isso hoje se trabalha com conteúdo de qualidade. Comerciantes à mais tempo no mercado entendem isso e hoje em dia gastam com Marketing Digital dentro do próprio Facebook, por exemplo, para poder vender mais e obter melhores resultados.

123

foto: bluefoot

Além disso, existem diversas outras ferramentas para angariar clientes no mundo virtual, como o E-mail Marketing e o Inbound marketing, que ajudam a definir seus clientes e ser ainda mais assertivo com eles.

A Loja Virtual é uma realidade e ficar fora dela por conservadorismo e não se adaptar é ficar para trás e consequentemente falir pela concorrência ou inovação. Mesmo com os problemas atuais de mercado, com o frete abusivo para quem depende ainda dos correios e não tem uma transportadora ou até as próprias leis do ICMS para as lojas virtuas que entraram em vigor no inicio deste ano, não ter uma loja virtual é sim, ficar para trás.

Então, o que está esperando para abrir seu negócio na internet, investir de maneira inteligente e começar a vender mais?

Trackback URL: https://www.kasterweb.com.br/blog/loja-virtual/por-que-alguns-e-commerces-vendem-e-outros-nao/trackback/

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *